Rússia: Famílias de vítimas serão indenizadas

Fundo de Seguro Social vai pagar compensações de 1 milhão de rublos

Asia Setentrional e Central
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

O Fundo de Seguro Social russo vai pagar compensações de 16.340 dólares (aproximadamente 53 mil reais), às famílias dos mortos no acidente com o avião Tu-154, no Mar Negro perto da cidade de Sochi, disse Vsevolod Vukolov, diretor do Serviço Nacional

para o Trabalho e o Emprego da Rússia neste domingo, de acordo com a agência russa Tass.

“As famílias daqueles que estavam em relações de trabalho receberão um milhão de rublos do Fundo de Seguro Social”, disse ele. "Pagamentos do seguro aéreo serão cerca de dois milhões de rublos. Famílias de militares vão receber auxílio do Ministério da Defesa. Tirando essas, famílias das vítimas do acidente vão receber auxílio de regiões e de seguros voluntários, se houver”, disse Vukolov. 

Um porta-voz da União Russa de Seguradoras havia dito mais cedo que as famílias de militares iriam receber até 7,8 milhões de rublos (127,5 mil dólares, ou pouco mais de 417 mil reais), e a famílias dos civis, três milhões de rublos.

Um avião Tu-154 do Ministério da Defesa russo desapareceu das telas do radar às 5h40, horário de Moscou, logo depois de decolar de Sochi, no Mar Negro.

Segundo as últimas informações do Ministério da Defesa russo, havia 92 pessoas a bordo do avião, oito membros da tripulação e 84 passageiros, incluindo mais de 60 integrantes do famoso conjunto Alexandrov, um coral militar das Forças Armadas russas que partia para celebrar o Ano Novo com um grupo da força área russa na base de Hmeymim, na Síria. Valery Khalilov, condutor do coral, também estava na lista de passageiros.

 

 

 

 

 

Fonte:Estadão Conteúdo

Reditado para:Noticias do Stop 2016

Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP