Dívida pública atingirá 60% do PIB em 2017 e receita

Dívida pública atingirá 60% do PIB em 2017 e receita petrolífera valerá só 10%

Angola
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

A Fitch Ratings baixou a sua perspectiva em relação à economia angolana de ‘estável’ para ‘negativa’, mantendo embora as notas atribuídas em Setembro. A dívida pública vai aumentar e a receita petrolífera recuar

 

Luis Faria A Fitch Ratings, uma das t rês principais agências de rating a nível mundial, passou a sua perspectiva para a economia angolana de estável para negativa mantendo a notação de risco da emissão de dívida angolana a longo prazo em ‘B+’ e a de curto prazo em ‘B’.

A agência também manteve o ‘tecto’ do país, no que se refere à classificação de risco em ‘B+’ A Fitch justifica este ‘downgrade’ das perspectivas em relação à economia angolana com a deterioração das perspectivas para a evolução do preço do petróleo, assinalando que o declínio do valor da matéria-prima agravou-se desde a última avaliação da economia angolana efectuada pela agência, em Setembro de 2015. Se então a agência estimava que o preço do barril, este ano, se situaria, em média, em USD 60 por barril, a previsão de agora é consideravelmente mais baixa, ficando-se em USD 35 por barril.

 

 

 

 

 

Fornecido por:O País 2016 ( Stop.co.mz )

Stopmznews