Número de mortos por Matthew nos EUA sobe para 20

Destruição: pelo menos 500 mil clientes não contam com serviço elétrico no momento

US Canada
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

Pelo menos dez pessoas morreram devido às inundações na Carolina do Norte provocadas pela passagem do furacão Matthew, que deixou 20 mortos desde sua chegada na quinta-feira à costa sudeste dos Estados Unidos.

O governador da Carolina do Norte, Pat McCrory, afirmou nesta segunda-feira que dez pessoas morreram neste estado, que pelo menos outras cinco permanecem desaparecidas e 1,5 mil estão presas no meio das inundações.

McCrory precisou que uma das vítimas foi arrastada com seu veículo pelas águas no condado de Johnson e que centenas esperam ser resgatadas no condado de Lumberton, algumas delas nos tetos de suas casas.

O governador afirmou que a prioridade é evacuar estas pessoas e pediu precaução aos residentes na hora de transitar por zonas inundadas em seus veículos, ao recordars que ainda há várias vias e estradas fechadas devido às inundações provocadas por Matthew.

O governador McCrory afirmou, além disso, que a Administração Federal de Aviação (FAA) ordenou restrições de voo sobre a zona inundada para permitir aos helicópteros o resgate de pessoas.

O governador alertou também sobre a possibilidade de novas inundações devido ao aumento do fluxo de vários rios alimentados pela ressaca ocasionada pelo furacão.

McCrory também afirmou que pelo menos 500 mil clientes não contam com serviço elétrico no momento.

 

 

 

 

 

 

Fonte:EFE

Reditado para:Noticias Stop 2016

Fotografias:Getty Images / Reuters /EFE

Tópicos:Estados Unidos, Países ricos, Furacões, Mortes

Stopmznews