Falha paralisa reator nuclear mais antigo da Bélgica

A porta-voz acrescentou que a central adotará medidas adicionais para esclarecer as razões exatas da avaria.

Europe
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

Electrabel: reator começou a funcionar em 1975 e tinha uma vida útil programada de 40 anos, prolongada até 2025

 

Bruxelas - Uma nova avaria provocou a paralisação do reator nuclear mais antigo da Bélgica, o Doel 1, que no último dia 30 de dezembro voltou a funcionar depois que o governo e a elétrica belga Electrabel decidiram no início do mês prolongar sua vida útil até 2025.

A falha, ocorrida na tarde de ontem, está relacionada com um problema no alternador, segundo informa a agência "Belga", que cita a responsável de comunicação da central, Els De Clercq.

A porta-voz acrescentou que a central adotará medidas adicionais para esclarecer as razões exatas da avaria.

A parada automática do reator não teve incidência sobre a segurança dos funcionários nem sobre as instalações da usina nuclear, segundo a mesma fonte.

Este reator, que começou a funcionar em 1975 e foi paralisado em fevereiro do ano passado, tinha uma vida útil programada de 40 anos, que finalmente foram prolongados por outros dez, até 2025.

 

 

 

 

Fornecido por: Da EFE 2016.( STOP)