18
Ter., Jun.
0 New Articles

PR divulga nova composição do Conselho de Estado

O Presidente Umaro Sissoco Embaló acaba de renovar o Conselho de Estado na sequência das últimas eleições e após as consultas aos partidos com assento parlamentar. O Conselho de Estado, órgão consultivo do Chefe de Estado, conta com 13 membros, incluindo o jovem jurista, Lesmes Monteiro.

FMI aprova acesso 8.10 milhões de dólares no âmbito do Programa Financeiro

Após duas semanas de avaliação, a Missão do Corpo Técnico do FMI aprova o acesso da Guiné-Bissau a 8.10 milhões de dólares no âmbito do Programa Financeiro iniciado em Janeiro. Mas o desembolso só será feito em Novembro com a aprovação do Conselho de Administração do Fundo.

Residência de analista e dirigente político guineense atacada esta madrugada

Em Bissau, a residência do analista político e membro do PRS, Partido da Renovação social, Fransual Dias, foi atacada esta madrugada por homens armados. Durante este ataque que não causou vítimas, os assaltantes atiraram para o ar e contra a habitação, bem como incendiaram o carro do comentador que estava estacionado diante da sua casa.

PAIGC propõe Domingos Simões Pereira para presidente da ANP

O PAIGC, partido vencedor das últimas eleições legislativas, escolheu por indicar Domingos Simões Pereira, líder do partido, para a liderança do parlamento. O ex-primeiro-ministro deve ser investido na quinta-feira.

O comité central do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde, reunido em sessão extraordinária, este domingo, escolheu por “Domingos Simões Pereira, presidente do PAIGC e coordenador da coligação PAI - Terra Ranka como

Guineenses em Angola pedem transparência nas legislativas da Guiné-Bissau

Na última semana de campanha para as eleições legislativas de 4 de Junho na Guiné-Bissau, a RFI foi ouvir as expectativas e os receios da diáspora guineense em Angola. Há quem lamente não poder votar e todos pedem transparência no processo.

Acesso da sede do sindicato guineense UNTG vedado à direcção reeleita em Outubro

Na quarta-feira à noite, a sede do principal sindicato da Guiné-Bissau -UNTG- foi vedada pelas autoridades e esta tarde, as fechaduras do escritório do secretário-geral do sindicato foram mudadas, afirma Júlio Mendonça, dirigente da central. O secretário-geral da UNTG aponta o dedo às autoridades que a seu ver pretendem silenciar a voz do sindicato e colocar no seu lugar outro líder alegadamente escolhido por si.

Mais artigos...