TANZÂNIA E RUANDA QUEREM COMPRAR EXCEDENTES AGRÍCOLAS NO NIASSA

TANZÂNIA E RUANDA QUEREM COMPRAR EXCEDENTES AGRÍCOLAS NO NIASSA

Niassa
Typography

O governo moçambicano assina, esta semana, dois acordos com a Tanzânia e Ruanda, para a compra de excedentes agrícolas do Niassa.Os dois países da região dos Grandes Lagos, tencionam comprar na província do Niassa, cerca de 32 mil toneladas de

milho.
Este acordo visa assegurar a exportação organizada de cereais para Tanzânia e Ruanda.
O director-geral do Instituto de Cereais de Moçambique, Mário Macaringue, disse que o principal desafio do governo prende-se com melhorias das vias de acesso aos campos de produção.
“Para não ficarmos parados a espera de vias de acesso, estamos a potenciar a intervenção de outros parceiros que nós temos que não actuam aqui, para virem actuar; isto para assegurar que a produção seja recolhida no máximo. Aquilo que ainda subsistir, nós vamos fazer o esforço, como dissemos, quer para movimentar outros parceiros, quer sobretudo para intervirmos como último recurso”, frisou Mário Macaringue, director-geral do Instituto de Cereais de Moçambique.

 

 

Fonte:da Redação e Por RM
Reditado para:Noticias do Stop 2017

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS