26
Dom., maio
0 New Articles

Reino Unido: Ex primeiro-ministro nomeado para a chefia da diplomacia

Europe
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

David Cameron, antigo primeiro-ministro britânico, acaba de ser nomeado novo chefe da diplomacia de Londres pelo primeiro-ministro Rishi Sunak. Um regresso inesperado e espectacular para o ex chefe dos conservadores, obrigado a demitir-se na sequência do Brexit.


O antigo primeiro-ministro conservador, entre 2010 e 2016, tinha em 2013 anunciado o referendo sobre a permanência ou a saída do Reino Unido da União Europeia.

Embora estando contra a saída foi esse o cenário (Brexit) que os britânicos acabaram por referendar, levando a que David Cameron se demitisse e ficasse ausente da esfera política ao longo de sete anos.

O ex primeiro-ministro substitui James Cleverly na chefia da diplomacia, já que o até agora ministro dos negócios estrangeiros deixa o cargo rumo à administração interna.

E isto após a demissão da ministra Suella Braverman que tinha criticado a polícia e estado ligada a uma série de polémicas.

David Cameron, com 57 anos, regressa agora, de forma espectacular, à política activa.

Ele que no passado tinha chefiado o partido conservador ao longo de 11 anos.

Na rede X, o antigo Twitter, ele afirmava esperar que a sua experiência permitisse ajudar o chefe do executivo perante os desafios internacionais, citando a "guerra na Ucrânia" e "a crise no Médio Oriente".

 

 

 

 

 


Fonte:da Redação e da RFI
Reeditado para:Noticias do Stop 2023
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus