Prestação de contas pelas empresas públicas piorou em 2016

Prestação de contas pelas empresas públicas piorou em 2016

Angola
Typography

Pela primeira vez, em cinco anos, a cerimónia de homologação das contas das empresas do Sector Empresarial Público (SEP) foi realizada à "porta fechada" e o Instituto para o Sector Empresarial Público (ISEP) não disponibilizou os resultados financeiros das

empresas, nem revelou as razões da ocultação dos dados.
Das 51 empresas do Sector Empresarial Público (SEP) que apresentaram contas relativas a 2016, apenas 11 viram as suas contas de 2016 homologadas/aprovadas sem reservas, de acordo com o Instituto para o Sector Empresarial Público (ISEP) que, este ano, e pela primeira vez, não revelou as contas relativas ao ano transacto. Este ano, 24 das empresas públicas nem sequer apresentaram resultados.
Desde que se iniciou a cerimónia de homologação de contas, em 2012 com contas de 2011, o ano de 2016 é aquele em que menos empresas prestaram contas, uma vez que das 75 empresas que pertencem ao SEP, apenas 51 o fizeram.
A cerimónia decorreu, este ano, e pela primeira vez, à "porta-fechada", apenas com a presença do ministro da Economia, Abraão Gourgel, o PCA do ISEP, Henda Inglês, e administrações das empresas em causa, tendo a instituição disponibilizado, apenas, uma nota de imprensa, onde revela que num universo de 75 empresas, 51 apresentaram contas e, destas, 11 viram os seus resultados aprovados sem reservas.
Apesar da solicitação do Expansão, o ISEP não disponibilizou as contas homologadas/aprovadas com reservas, contas não homologadas/aprovadas excepcionalmente e contas não homologadas.

 


Fonte:da Redação e Por Angonoticias
Reditado para:Noticias do Stop 2017