07
Qua., Dez.
0 New Articles

Utiliza o Google Chrome? Saiba que é o navegador mais vulnerável do mundo

Segurança
Tools
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

O estudo que foi feito refere-se ao período entre 1 de janeiro e 5 de outubro deste ano. Além da vulnerabilidade que o estudo pretende demonstrar, o browser é também o que ocupa a liderança entre os que mais tiveram fragilidades detetadas de maneira geral.

Os problemas com o software da empresa já não são segredo, até porque é muito comum haver atualizações frequentes, sempre com o objetivo de corrigir bugs e outras vulnerabilidades. Já no início de setembro deste ano, recorde-se, foi necessária uma atualização para corrigir um problema que poderia ser amplamente aproveitado por hackers mal intencionados.


Resumindo, foram encontradas 303 vulnerabilidades no browser da Google. O segundo lugar neste ranking que em pouco orgulha as empresas pertence ao Mozilla Firefox, onde foram encontradas 117 fragilidades. Em seguida, vem o Microsoft Edge, com 103 problemas e em quarto lugar ficou o Safari, com 26. Curiosamente, no fim desta lista surge o Opera que ficou mesmo em último lugar, sem qualquer vulnerabilidade encontrada.

 

A Google já comentou os números agora tornados públicos: “medir a segurança de um navegador com base em vulnerabilidades corrigidas num determinado ano não é uma métrica muito útil. Isso só significa que está tudo a funcionar como deve ser, pois continuamos a investir na correção de mais problemas a cada ano que passa para manter os nossos utilizadores seguros. Se um software não recebe patches de segurança regulares, normalmente isso indica falta de investimento em segurança, não o contrário”.


No ranking geral, as posições não mudam muito, com a única alteração sendo a do Safari, que figura em 3.º lugar com 1.139 vulnerabilidades identificadas pelo banco de dados do VulDB. Aqui, o Edge cai para a 4.ª posição com um total de 806 falhas analisadas e o Opera fica novamente em último, com 344.

O primeiro lugar vai, destacado, para o Google Chrome, que possui 3.159 vulnerabilidades e o Mozilla aparece novamente em segundo, com 2.361. O detalhe curioso é que Opera, Edge e Chrome são todos baseados no Chromium e mesmo assim, o primeiro é o que tem menos problemas identificados.

 

 

 

 

Fonte:da Redação e da maistecnologia
Reeditado para:Noticias do Stop 2022
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus
Stopmznews