24
Seg., Jan.
0 New Articles

Mais de 850 crianças deslocadas dos ataques terroristas em Mecula vão estudar na vila-sede distrital

Niassa
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

Oitocentas cinquenta e três crianças deslocadas dos ataques terroristas em Mecula, no Niassa, vão ser integradas no processo de ensino na vila-sede distrital, a partir de 31 de Janeiro corrente.

Trata-se de alunos deslocados das povoações de Lixengue, Alásima, Nampequesso, acordos de Lusaka, Nnamala, Naulala1 e 2, onde frequentavam o primeiro e segundo ciclos do ensino primário.

Além das escolas primárias locais, o governo vai instalar tendas-escola no centro de acomodação dos deslocados da vila-sede distrital.

A governadora do Niassa, Judite Massengele, recomenda ao governo local para igualmente enquadrar nos respectivos sectores, na vila-sede distrital, os funcionários públicos afectados.

O administrador do distrito de Mecula, António Joaquim Paulo, garantiu estar em curso o levantamento dos funcionários públicos afectados pelos actos terroristas.

De Novembro do ano passado a esta parte, mais de cinco mil e duzentas pessoas deslocaram-se das suas zonas de origem e trabalho no distrito de Mecula devido ao terrorismo.

 

Fonte:da Redação e da rm
Reeditado para:Noticias do Stop 2022
Outras fontes • AFP, AP, TASS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP/Estadão

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus