01
Sáb., Out.
0 New Articles

Urnas encerram com angolanos a pedirem melhores condições de vida

Eleicoes
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

Mudança e melhores condições de vida é o que pedem os angolanos que este quarta-feira foram às urnas, com nota de alguns incidentes eleitorais em diferentes pontos do país. Os resultados devem ser conhecidos nos próximos dias.

A RFI acompanhou as últimas horas de voto na Escola do ensino primário 1206, na Ingombota, em frente ao governo provincial. Aqui ainda há pessoas a votar, porém a presidente da mesa Angelina Tomozo indiocu que a participação é menor

do que aquela que foi registada em 2017.

Nas ruas, há um entusiasmo médio. Nos relatos à RFI, alguns eleitores como Nilda de 32 anos disseram que votar é um dever.

"Vim fazer o meu dever cívico como cidadã em votar e escolher o meu futuro Presidente da República. [Espero] Mudança, condições de vida, desenvolvimento, emprego", disse Nilda.

Já Heidy, de 24 anos, afirmou também que depois desta eleição espera a mudança

"Vim apostar na mudança. Queremos um novo governo para dar uma nova vida aos cidadãos angolanos. Trabalho, escola, saúde, muitas coisas", indicou Heidy.

A Comissão Nacional Eleitoral deu um conferência de imprensa onde anunciou que estava autorizada a votação com o bilhete de identidade caducado ou com uma cópia de solicitação de novo documento. A CNE voltou a repetir que o processo está a decorrer "com normalidade".

Porém estão a ser feitas algumas denúncias de detenções. O movimento cívico "Mudei" referiu que jovens inquiridores foram detidos nos municípios do Bengo, Songo, província do Zaire e no Huambo. Os jovens inquiridores foram detidos sob pretexto das autoridades não terem conhecimento das suas actividades. O Movimento Cívico Mudei, milita em defesa do voto justo e da verdade eleitoral.

Ha ainda vários jovens que integram o movimento "Votou e Sentou", lançado pela UNITA, que estão acompanhar o processo de votação, apesar de a Comissão Nacional Eleitoral ter proibido este movimento, argumentando que este movimento poderia trazer instabilidade ao processo eleitoral.

As urnas fecham agora às 17 horas locais, porém quem estiver na fila poderá exercer o seu direito ao voto. Os resultados destas quintas eleições gerais devem ser anunciados nos próximos dias.

 


Fonte:da Redação e da rfi
Reeditado para:Noticias do Stop 2022
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus