26
Qui., maio
0 New Articles

Biden culpa líder do Daesh pela morte de 10 civis que morreram na operação

Asia Oriental
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

O líder do grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico (EI), Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurayshi, teve oportunidade de se render perante as forças especiais norte-americanas, antes de se fazer explodir, revelou na quinta-feira o chefe do Comando Central (CENTCOM).

“Ele suicidou-se e matou a sua família sem lutar, enquanto estávamos a tentar comunicar-lhe a oportunidade de se render e dar-lhe a opção de sobreviver”, referiu o general Kenneth McKenzie.

"Devido à explosão no segundo andar, as forças norte-americanas descobriram o emir do EI morto no chão, do lado de fora do prédio", acrescentou.


O responsável do CENTCOM, adiantou ainda que a "análise de impressões digitais e DNA confirmaram" a identidade de al-Qurayshi.

Um ataque das forças especiais dos EUA no noroeste da Síria matou esta quinta-feira al-Qurayshi, o principal líder do grupo Estado Islâmico (EI), tinha anunciado o Presidente norte-americano, Joe Biden.

Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), os soldados norte-americanos desembarcaram de helicóptero perto de acampamentos para deslocados na localidade de Atmeh, na província de Idlib, e 13 pessoas, incluindo quatro mulheres e três crianças, morreram nos confrontos.

O Iraque assegurou na quinta-feira que a operação dos norte-americanos contra o líder do EI foi possível graças às informações fornecidas pelos seus serviços de inteligência.


O porta-voz do comandante das Forças Armadas iraquianas, Yehia Rasul, explicou, num breve comunicado, que a intervenção militar contra o líder do EI ocorreu "depois que o Serviço Nacional de Inteligência iraquiano ter fornecido à coligação internacional informações precisas que permitiram chegar à localização” do alvo.

Na sua comunicação, Biden insinuou que todas as baixas civis se deveram às ações de al-Qurayshi, assegurando que o objetivo da operação era "enviar uma mensagem clara aos terroristas em todo o mundo".

Al-Qurayshi não recorreu "simplesmente a um colete" com explosivos, mas decidiu "explodir" o terceiro andar do edifício onde se escondia, "matando com ele vários membros da sua família", acrescentou o Presidente norte-americano

 


Fonte:da Redação e da euronews
Reeditado para:Noticias do Stop 2022
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus