13
Sáb., Ago.
0 New Articles

Hamilton promete obediência e prega espírito de time: “Não corro sozinho”

Fórmula 1
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

Apesar de ter discordado algumas vezes do que lhe era dito pelo rádio, britânico diz dar muita importância à equipe e orientações dos boxes

 

Na última temporada da Fórmula 1, Lewis Hamilton mostrou ainda mais sua personalidade forte através de suas declarações e até de uma postura questionadora diante das ordens da equipe. Apesar de ter discordado algumas vezes do que lhe era dito pelo rádio, o britânico diz dar muita importância ao espírito de equipe e ter consciência de que deve seguir as orientações que vêm dos boxes.

“Quando você está no carro, não tem uma visão ampla das coisas. Por isso você deve ter consciência e confiar muito na equipe. A questão, no fim das contas, é saber se é a melhor decisão para o time, devemos perceber que não é tudo somente sobre você”, disse o britânico à revista Autosport, adotando postura humilde após conquistar seu tricampeonato da categoria.

Uma das ocasiões em que o inglês e a Mercedes divergiram foi no GP do México, quando a equipe o chamou para uma troca de pneus. O piloto, por sua vez, garantiu acreditar que o jogo que estava usando duraria até o fim da corrida, mas acabou seguindo as orientações no fim das contas.

“No México, disseram que meus pneus não durariam até o fim. Mas a vida útil deles ainda era 70 ou 80 voltas, então eles teriam durado. Descobri depois que os pneus poderiam mesmo ter sido usados até o fim da corrida sem problemas. No entanto, a equipe não sabia disso naquela ocasião e me pediram para trocar por razões de segurança. Pelo menos eu sabia em meu coração que estava certo em relação à decisão que queria tomar”, relatou.

Hamilton ainda refutou o egoísmo na hora de tomar decisões dentro da pista. “Nossas escolhas dizem respeito a 1.300 pessoas, e uma decisão que eu possa fazer de maneira egoísta impacta todos eles. Então, não, eu não tomo decisões sozinho. Eu quero ter certeza de que estou tomando a melhor decisão para todos”, concluiu o britânico, que curte suas férias antes da próxima temporada, na qual o desafio será se manter dominante.

 

 

 

Fonte:STOP © 2015 Foxsports

 

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus
Stopmznews