Somália número de vítimas fatais em atentado passa de 200

Africa
Typography

Com dificuldades para atender pessoas gravemente feridas pelo maior a bomba da história da Somália, o número de vítimas fatais do atentado subiu para mais de 200, declararam autoridades locais.O ex-ministro de Segurança Interna Abdirizak Omar

Mohamed disse que foram confirmadas 276 mortes. Já a conta das pessoas feridas, mas ainda com vida, ultrapassa a marca de 300 pessoas. As autoridades descobriram que o atentado foi realizado com dois caminhões-bomba, e não um, como havia sido divulgado anteriormente.Com queimaduras graves, o atendimento médico não está dando conta do volume expressivo de feridos. Autoridades ainda temem que o número de fatalidades do ataque no centro de Mogadiscio, a capital do país, pode aumentar. Famílias e equipes de resgate seguem vasculhando escombros no trabalho de busca por desaparecidos. Os Estados Unidos condenaram o ataque na Somália. "Ataques covardes como este revigoram o compromisso dos EUA em ajudar nossos parceiros africanos no combate ao terrorismo", diz comunicado. A explosão ocorreu dois dias após um encontro entre o chefe do Comando dos EUA na África e o presidente da Somália e também dois dias depois do ministro da Defesa e do chefe do exército do país renunciarem por motivos não revelados.Neste ano, militares norte-americanos intensificaram ataques de drone e outros esforços contra o al-Shabab na Somália.

 

 

Fonte:da Redação e Por Da Estadão Conteúdo
Reditado para:Noticias do Stop 2017
Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP/Estadão

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS