20
Qua., Jun.
57 New Articles

Polícia mata a tiro "delinquente" e as redes sociais respondem com vaga de indignação

Polícia mata a tiro "delinquente" e as redes sociais respondem com vaga de indignação

Angola
Typography

Um alegado delinquente foi morto a tiro por um agente do Serviço de Investigação Criminal (SIC) quando uma brigada perseguia, segundo a versão do Ministério do Interior, um grupo perigoso no âmbito do combate ao crime violento, mas o momento foi

captado em vídeo e a resposta da sociedade foi no sentido de criticar severamente a opção policial.
A morte do jovem, que o SIC diz ter sido abatido no seguimento de uma perseguição policial, foi gravada em vídeo por uma cidadã que, depois de o ter colocado nas redes sociais, na sexta-feira, gerou uma vaga de indignação que motivou a tomada de posição de algumas das personalidades mais influentes na opinião pública.
Aquilo que se consegue ver no vídeo posto a circular no mesmo dia em que sucedeu, e que parece ser uma execução sumária, foi já motivo de uma comunicação do Ministério do Interior, que, admite que não era necessário matar o jovem porque ele estava imobilizado e já não constituía uma ameaça aos agentes ou aos populares nas imediações.
Mas é igualmente explicado no mesmo comunicado que o indivíduo integrava um grupo de delinquentes que estava a ser perseguido pelas equipas do SIC dedicadas ao combate ao crime violento, que se faziam transportar numa viatura furtada no dia anterior, quinta-feira.
O comunicado considera o acto "ignóbil" e garante que estão a ser tomadas as medidas adequadas, pela chefia do SIC, para "responsabilizar criminalmente" o ou os autores dos disparos.

 

Fonte:da Redação e Por angonoticias.com
Reditado para:Noticias do Stop 2018