24
Ter., Abr.
103 New Articles

Ministro Adão de Almeida é uma das 100 pessoas de origem africana mais influentes do mundo

Ministro Adão de Almeida é uma das 100 pessoas de origem africana mais influentes do mundo

Angola
Typography

O ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida foi reconhecido como uma das 100 pessoas de origem africana com menos de 40 anos mais influentes do mundo. A distinção é da organização Most Influential People of

African Descent (MIPAD), em português As Pessoas Mais Influentes de Origem Africana.
O percurso político de Adão Francisco Correia de Almeida, nomeado no final de Setembro do ano passado, ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, valeu-lhe o reconhecimento como uma das 100 pessoas de origem africana com menos de 40 anos mais influentes do mundo.
A distinção da MIPAD - uma iniciativa da sociedade civil que celebra a Década Internacional das Pessoas de Origem Africana (2015-2024), proclamada pelas Nações Unidas - foi divulgada pelo próprio governante na sua página no Facebook, como um incentivo às novas gerações.
"Partilho com todos os jovens angolanos que acreditam e lutam pela nossa terra, que amam a nossa Pátria e honram, com o seu trabalho, a nossa bandeira. Angola merece a nossa dedicação!", escreveu o ministro, que no próximo mês de Maio completará 39 anos.
Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto, foi também nesta instituição que obteve o grau de mestre em Ciências Jurídico-Políticas, em cooperação com a Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.
No Governo desde 2010, antes de chegar a ministro Adão de Almeida foi vice-ministro da Administração do Território para os Assuntos Institucionais e Eleitorais e secretário de Estado da Administração do Território para os Assuntos Institucionais.
A veia política começou a pulsar antes disso, tendo sido secretário-geral da Associação de Estudantes da Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto e membro fundador da Associação dos Naturais e Amigos da Terra-Nova.
No seu currículo destaca-se também a docência universitária.

 

Fonte:da Redação e Por angonoticias
Reditado para:Noticias do Stop 2018