03
Dom., Jul.
0 New Articles

Joe Biden na Coreia do Sul e no Japão para contrabalançar poder da China na região

Mundo
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

O Presidente dos Estados Unidos, visita a partir de sexta-feira a Coreia do Sul e o Japão para contrabalançar o poder da China sob estes dois países, mas também para melhor as relações diplomáticas entre japoneses e coreanos.

O Presidente norte-americano, Joe Biden, vai passar quatro dias na Ásia visitando dois dos maiores aliados dos Estados Unidos na região, a Coreia do Sul e o Japão. Só nestes dois países, os Estados Unidos têm cerca de 80 mil soldados

estacionados e várias bases militares que lhe permitem uma vantagem estratégica no Pacífico.

A primeira paragem será na Coreia do Sul, numa altura em que a Coreia do Norte está a acelerar os ensaios com mísseis, assim como os ensaios nucleares. As autoridades norte-americanas prevêem mesmo que o regime da Coreia do Norte faça uma demonstração de força durante a visita de Joe Biden e haja um novo ensaio nuclear nos próximos dias.

Esta visita serve também para reforçar os laços históricos dos Estados Unidos com a Coreia do Sul, sendo a primeira vez que Biden se vai encontrar com o recém-eleito Presidente Yoon Sekk Yeol, que já se mostrou muito crítico dos seus antecessores por estes manterem uma relação subserviente com a China.

Esta é a uma posição que agrada a Joe Biden, cuja administração já qualificou a China como "o maior teste geopolítico" do século XXI e com Washington a condenar a posição de Pequim durante a invasão russa da Ucrânia.

No Japão, Joe Biden vai tentar aproximar Tóquio de Seul. As relações bilaterais entre os dois países são tensas desde a Segunda Guerra Mundial, quando o Japão subjugou a população sul-coreana, cometendo vários abusos.

O Presidente norte-amaricano quer incentivar agora a Coreia do Sul a entrar na organização Quad, que reúne os Estados Unidos, o Japão, a Austrália e a Índia, numa tentativa de criar novas alianças na região.

 

 

 

 

 

 


Fonte:da Redação e da rfi
Reeditado para:Noticias do Stop 2022
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus
Stopmznews