03
Dom., Jul.
0 New Articles

Clearview AI planeia colocar maioria dos rostos humanos no banco de dados

Personal Tech
Tools
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

A Clearview AI, que se descreve como “a maior rede facial do mundo”, construiu um banco de dados que atualmente contém mais de 10 bilhões de “imagens faciais publicamente disponíveis” retiradas da web.

A empresa de reconhecimento facial anunciou que está a ter “uma rápida expansão internacional”. Atualmente tem 3.000 clientes de segurança nos EUA, incluindo o FBI e o ICE, de acordo com documentos partilhados pelo repórter de

tecnologia do Washington Post Drew Harwell no Twitter.

Ao que tudo indica, a empresa está a recolher fotos ilegalmente, visto ser feita de redes sociais e outras fontes online. “Facebook, Google, Twitter e YouTube já exigiram que a empresa pare de tirar fotos dos seus sites e que apague todas as que foram recolhidas. A Clearview alega que a recolha de dados está protegida pela Primeira Emenda”, noticia o The Washington Post.

A empresa anunciou em comunicado que, com US$ 50 milhões de investidores, conseguiria aumentar os dados recolhidos para 100 bilhões de fotos, construir novos produtos, expandir sua equipa de vendas internacional.



O CEO da empresa, Hoan Ton-That, refere que “a base de dados da Clearview AI de imagens disponíveis publicamente foi feita legalmente, tal como qualquer motor de busca, incluindo o Google. É usada por agências da autoridade para investigações pós-crime para ajudar na identificação dos autores”.

A empresa ainda não referiu se pretende vender estes dados, mas a empresa refere que “cada foto no conjunto de dados é uma potencial pista que pode salvar uma vida, trazer justiça a uma vítima inocente, evitar identificações erradas ou exonerar um inocente”, salientando ainda que “os nossos princípios refletem o uso atual da tecnologia. Se esse uso mudar, os princípios serão ajustados conforme necessário”.

A utilização deste tipo de tecnologia para vigilância massas é cada vez mais abordado, mas, felizmente, já foi descartado por diversas empresas, nomeadamente pela IBM em 2020

 

 

 

 

 

Fonte:da Redação e da maistecnologia
Reeditado para:Noticias do Stop 2022
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus