09
Ter., Ago.
0 New Articles

Manuais com erros retirados do sistema de ensino

Nacional
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

Ministério da Educação de Moçambique mandou retirar manuais de Ciências Sociais e suspendeu equipa do Instituto Nacional de Desenvolvimento da Educação.
A ministra da Educação de Moçambique, Carmelita Namashulua, anunciou esta quinta-feira (02.06) a suspensão do diretor e sua equipa do Instituto Nacional de Desenvolvimento da Educação (INDE), entidade responsável pela verificação final

dos conteúdos escolares.
A decisão de suspender Ismael Nhezi surgiu na sequência do escândalo dos erros de conteúdo no manual de Ciências Sociais da sexta classe.
O Governo moçambicano mandou também retirar de circulação todos os manuais em causa: "Uma errata não iria resolver o problema dos erros que constam do livro. Por isso, vamos retirar imediatamente o livro. Enquanto isso, vamos trabalhar com os programas que temos nas nossas escolas", afirmou Carmelita Namashulua.
Nova equipa para rever os manuais
Depois do escândalo dos erros de conteúdo, que colocam Moçambique noutras geografias, circularam nas redes sociais e em alguma imprensa informações de que a porta-voz do Ministério, Gina Guibunda, foi forçada a tirar licença disciplinar compulsiva. Mas a ministra Namashulua não confirmou a notícia. Respondeu apenas que a instituição tem três porta-vozes.

Carmelita Namachulua anunciou, entretanto, a constituição de uma nova equipa do CALE, que vai integrar membros das universidades, para verificar os conteúdos dos manuais.
"Nós temos uma instituição no nosso setor, o Instituto Nacional de Desenvolvimento da Educação, que é a entidade apropriada para a verificação final dos nossos livros antes da impressão", salientou a ministra moçambicana.

Sociedade civil congratula-se
Na sua primeira aparição pública para comentar a polémica em torno dos erros do livro, a ministra disse que é inaceitável o que aconteceu.
A sociedade civil aplaude a retirada imediata do manual do sistema de ensino, mas Azevedo Nhantumbo, investigador do Centro de Aprendizagem e Capacitação da Sociedade Civil (CESC), exige a verificação de outros manuais.
Nhantumbo diz ser necessário contratar especialistas das áreas de conhecimento para proceder à revisão de todos os materiais com eventuais erros: "Este estudo vai permitir não só a retirada deste livro, mas também de vários outros que, porventura, estejam nas mesmas situações."

 

 

 

Fonte:da Redação e da dw
Reeditado para:Noticias do Stop 2022
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus
Stopmznews