25
Sáb., maio
0 New Articles

Mais de 500 mortos após bombardeamento de hospital em Gaza

Mundo
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

Hamas diz que explosão foi provocada por ataque aéreo israelita. Israel recusa responsabilidade e diz que a explosão foi causada por um foguete lançado pela Jihad Islâmica.


O choque e a indignação espalharam-se por todo o Médio Oriente e além, depois de centenas de pessoas terem sido mortas na sequência de um ataque a um hospital na Cidade de Gaza.
À medida que os feridos eram levados do hospital Al Ahli para serem tratados pela já exausta equipa médica do hospital Shifa, as acusações começaram a surgir.
A enorme explosão do hsopital na Cidade de Gaza onde morreram mais de 500 pessoas é denunciada como crime de guerra.
Israel e Hamas trocam acusações. O Hamas diz que a explosão foi provocada por um ataque aéreo israelita, Israel diz que a explosão teve origem em foguetes disparados pela Jihad Islâmica da Palestina.
Joe Biden pode estar a caminho da região na missão diplomática da sua vida, mas o Presidente palestino Mahmud Abbas já concordou com a Jordânia e o Egito em cancelar a cimeira quadripartida com o presidente norte-americano em Amã.
O Presidente do Conselho Europeu foi rápido a condenar o ataque ao hospital.
"Recebemos esta informação quando estávamos juntos durante esta reunião virtual com os líderes. Parece estar confirmada. Um ataque contra uma infraestrutura civil não está em conformidade com o direito internacional," afirmou o Presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.
O Secretário-Geral da ONU, António Guterres, condenou o ataque ao hospital e pediu um cessar-fogo humanitário "imediato".

Os protestos eclodiram em toda a região, em particular na Cisjordânia, administrada pelos palestinianos, e no sul do Líbano, que é controlado pelo Hezbollah.
O grupo militante islâmico apelou para um "dia de raiva sem precedentes" nesta quarta-feira.

 

 

 

 

 

 


Fonte:da Redação e da euronews
Reeditado para:Noticias do Stop 2023
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus
Stopmznews