23
Dom., Jun.
0 New Articles

Fórum económico Angola-RDC quer fortalecer cooperação económica

Economia
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

Esta segunda e terça-feira, Luanda acolhe o fórum económico Angola-RDC, sob o lema “Parcerias Económicas Rumo ao Crescimento Mútuo”. Objectivo é fortalecer a cooperação económica, a mobilidade de pessoas e bens e a segurança fronteiriça.
Angola e a República Democrática do Congo discutem, hoje e amanhã, em Luanda, as oportunidades de negócios, olhando para a remoção das barreiras não tarifárias e económicas entre as duas economias.

O certame decore sob lema “Parcerias Económicas Rumo ao Crescimento Mútuo” e vai, entre outros temas, analisar a segurança fronteiriça e a fluidez dos negócios.

A RDC é actualmente o principal destino das exportações dos produtos do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI), seguido do Congo Brazzaville, África do Sul, Namíbia e Portugal.

O ministro angolano da Economia e Planeamento, Mário Caetano João, lembra que o objectivo do 2º Fórum Económico Angola- República Democrática do Congo é fortalecer a cooperação económica, a mobilidade de pessoas e bens e segurança fronteiriça.

“O cerne do evento continua a ser a cooperação económica, a mobilidade de pessoas e bens, segurança fronteiriça e o ambiente de negócios, acima de tudo. É fundamental que os empresários angolanos e congoleses se conheçam e façam parcerias ou conheçam os dois mercados e, de forma isolada, façam negócios em Angola ou na RDC”, destacou o governante.

Mário Caetano João olha para o papel que o Corredor do Lobito vai desempenhar no fomento das trocas comerciais entre Luanda e Kinshasa, apesar das barreiras não tarifárias que ainda mexem com os dois países.

”Estamos a fazer o segundo fórum, para acelerar a remoção, acima de tudo, das barreiras não tarifarias, que são, de facto, desnecessárias à fluidez dos negócios, sem prejudicar, é claro, a segurança de ambos os países. É necessário diversificar e aumentar os produtos que circulam no Corredor do Lobito, por isso, estamos a trabalhar com o Banco Mundial, no sentido de criar centros logísticos ao longo do Corredor do Lobito, no sentido de permitir fomentar a produção nesse perímetro.”

De acordo com a organização, esta 2ª edição do Fórum Económico conta com os patrocínios dos Presidentes de Angola, João Lourenço, e da República Democrática do Congo, Félix Tshisekedi, assinalando a continuação dos esforços conjuntos dos dois governos, na sequência da 1ª edição realizada em Kinshasa, no dia 31 de Agosto deste ano.

 

 

 

 

Fonte:da Redação e da RFI
Reeditado para:Noticias do Stop 2023
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus