24
Seg., Jan.
0 New Articles

Ceramistas portuguesas no Museu do Azulejo

Ceramistas portuguesas no Museu do Azulejo

Arte & Cultura
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

55 artistas portuguesas. O Museu Nacional do Azulejo, em Lisboa, abriu o espaço à cerâmica moderna e contemporânea com assinatura feminina. Nos corredores do antigo Convento da Madre de Deus misturam-se peças produzidas nos últimos 70 anos.

O objetivo não podia ser mais claro: "Nós prentendemos, com esta exposição, mostrar o papel e do feminino na cerâmica contemporânea portuguesa. Ele é conhecido muito vagamente - há dois ou três nomes conhecidos - e nós quisemos mostrar que é muito mais vasto," diz Alexandre Pais, diretor do Museu do Azulejo.

Entre as artistas selecionadas estão Maria Keil, Vieira da Silva, Graça Morais, Bela Silva, Fernanda Fragateiro, Menez e Joana Vasconcelos.

70 anos na história da cerâmica podem parecer um sopro, mas foram décadas de inovação. Um facto que pode ter no painel das irmãs Catarina e Rita Almada Negreiros a ilustração perfeita. A dupla de arquitetas desenvolve e usa azulejos com frequência nos projetos que assina. A peça escolhida para a exposição é feita com placas cerâmicas que têm um relevo particular. São "azulejos cinéticos" desenvolvidos em colaboração com a histórica fábrica Viúva Lamego, em 2002.

"O painel 'Presente', que na realidade já existe há 10 anos e que nunca tinha sido exposto, utiliza o azulejo cinético, que é um azulejo que tem um lado camaleónico em que é o observador que aciona as imagens," explica Catarina Almada Negreiros à Euronews.

Territórios desconhecidos: a criatividade das Mulheres na cerâmica moderna e contemporânea portuguesa (1950-2020)
Onde: Museu Nacional do Azulejo, Lisboa, Portugal

Quando: até junho de 2022


Fonte:da Redação e da euronews.com
Reeditado para:Noticias do Stop 2022
Receba diariamente o STOP em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para +258 827606348 Em criação o Aplicativo
para receber notícias diariamente em seu celular no grupo Stopmznews
Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP/Estadão

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus