25
Sáb., maio
0 New Articles

Curta metragem cabo-verdiana em exibição em Cannes

Entretenimento
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

Cannes – "Mãe pretinha" é uma curta metragem da socióloga cabo-verdiana Patrícia Silva a ser exibida aqui, no Festival de cinema de Cannes. O filme põe a nú as desigualdades sociais no arquipélago onde as cantinas escolares têm um papel determinante na luta contra a insegurança alimentar.

As cantinas escolares proporcionam a muitas crianças a garantia de uma refeição quente que nem todas as famílias podem assegurar.

O título é uma referência à panela, enferrujada, que coze a comida no lume a lenha nos lares de poucos recursos. Esta panela, pois, que, segundo diz o povo, seria "a mãe de todos nós".

O filme leva-nos a travar conhecimento com Delson, um quarentão da ilha de São Vicente que lembra as memórias de infância e a importância que tinha, para ele, a refeição da cantina da escola, e o seu prato preferido, a canja de galinha.

"Comida é alegria", lembra a personagem, enfatizando a importância de se cozinhar os alimentos da terra.

O filme de apenas nove minutos surgiu no âmbito de um concurso de ideias para produção de curtas-metragens promovido por um projecto consagrando o direito humano à alimentação adequada, nomeadamente.

A obra conta com uma menção honrosa num festival em São Tomé e Príncipe tendo sido exibido também em festivais do Brasil e de Moçambique desde a sua estreia em 2022.

A sua exibição em Cannes, no âmbito do fórum profissional de curtas metragens, tem como palco o pavilhão de África e o programa das "câmaras de talento do continente" ligado ao chamado "Mercado do filme".

Um patamar de visibilidade inédito para o cinema do arquipélago que abrilhanta a presença lusófona africana nesta edição do Festival de cinema de Cannes de 2023.

Cabo Verde esteve também em destaque neste certame com "Ama Glória" da francesa Marie Amachoukeli, sobretudo na ilha de Santiago, com a interpretação de Ilça Moreno Zengo no papel principal.

Também a produtora Natasha Craveiro, da Korikaxoru Films, marca presença no certame, no âmbito de um projecto sectorial ligado aos países ACP, África, Caraíbas e Pacífico.

 

 

Fonte:da Redação e da RFI
Reeditado para:Noticias do Stop 2023
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus