26
Qui., maio
0 New Articles

3 meses após o início da guerra, muitos ucranianos continuam a chegar à Roménia

Quase três meses após após o início da guerra na Ucrânia, dos mais de 6 milhões de ucranianos que saíram, quase dois milhões podem já ter regressado, mas há zonas da Ucrânia de onde há ainda saídas significativas. É o caso da Roménia que faz fronteira com o sul da Ucrânia e que é o segundo país vizinho com mais volume de entrada de refugiados depois da Polónia.

Guerra na Ucrânia vai dominar Fórum de Davos

O Fórum Económico Mundial de Davos, na Suíça, arranca este domingo e decorre até 26 de Maio. O Presidente da Ucrânia, Volodomyr Zelensky, vai ser o primeiro chefe de Estado a fazer um discurso, por vídeo, e a Rússia foi excluída do evento.

Zelensky avisa que ninguém pode prever até quando vai durar a guerra no Ucrânia

As tropas russas estão a retirar-se da cidade devastada de Kharkiv, com a ofensiva invasora a mudar-se agora para Este e com o Presidente Volodymyr Zelensky a declarar que os ucranianos estão a fazer o máximo que podem, mas não é possível prever até quando vai durar este conflito.

Coluna humanitária da ONU esperada em Azovstal

Uma nova coluna humanitária das Nações Unidas deve chegar esta sexta-feira, 6 de Maio, ao complexo de Azovstal, em Mariupol, para retirar mais civis do local. Mais de 500 civis já foram evacuados através de dois corredores das Nações Unidas nos últimos dias.

Rússia anuncia a rendição de mais de 1.700 combatentes ucranianos de Azovstal

De acordo com a Rússia, mais de 1.700 combatentes ucranianos que estavam barricados na unidade industrial de Azovstal em Mariupol, no sudeste da Ucrânia, entregaram-se às forças russas. O seu destino é incerto, tanto mais que Moscovo declara considerar alguns deles como sendo "neonazis".

Mais de 8 milhões de deslocados internos na Ucrânia segundo a ONU

No 76° dia da invasão russa da Ucrânia, os combates continuam intensos no sul e leste do país, enquanto na capital, Kiev, a situação tende a encontrar uma forma de normalização apesar do conflito, com o regresso de dois terços dos seus 3,5 milhões de habitantes, segundo informou hoje a autarquia local.

Ursula von der Leyen propõe embargo total ao petróleo russo

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, pediu esta quarta-feira, 4 de Maio, que os 27 países da União Europeia proíbam as importações de petróleo da Rússia, num sexto pacote de sanções contra Moscovo.

A Comissão Europeia propôs um embargo total ao petróleo russo, bem como a exclusão de novos bancos russos do sistema internacional de pagamentos bancários SWIFT ,as medidas integram o sexto pacote de sanções do bloco europeu contra a Rússia.

Mais artigos...