04
Sáb., Fev.
0 New Articles

Leandro Grimi: «Messi merece vencer o Mundial para fechar uma carreira espectacular»

Mundial 2022
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

A final do Campeonato do Mundo de futebol decorre neste domingo, 18 de Dezembro, entre a França e a Argentina, em território qatari.

A França, detentora do título de Campeão do Mundo, pode revalidar o título, algo que apenas foi realizado pela Itália em 1934 e 1938 e pelo Brasil em 1958 e 1962.

Para a Argentina seria o terceiro título após os conquistados em 1978 e em 1986, de notar que nesse último, Diego Maradona arrecadou o troféu e entrou na história do futebol argentino.

Algo que procura Lionel Messi que já venceu todos os títulos como a Copa América com a Argentina, a Liga dos Campeões europeus com o FC Barcelona ou ainda a nível pessoal com sete Bolas de Ouro.

Leandro Grimi, antigo jogador argentino e agora treinador-adjunto nos sub-19 do Sporting Clube da Covilhã.
Leandro Grimi, antigo jogador argentino e agora treinador-adjunto nos sub-19 do Sporting Clube da Covilhã. © AFP - LUIS ROBAYO
Em entrevista à RFI, Leandro Grimi, antigo jogador argentino de 37 anos e agora treinador adjunto nos sub-19 do Sporting Clube da Covilhã, admitiu que se a Argentina vencer com Messi teria um sabor especial num jogo que nunca será fácil frente aos franceses.


RFI: Qual é a sensação de ver a Argentina na final?

Leandro Grimi: A sensação, que tenho de ver a Argentina na final do Mundial, é espectacular, não só pela selecção, por ser o meu país, mas também por tenho amigos na selecção. Aquilo que nós queremos todos, os argentinos e muita gente no mundo, é que Messi ganhe aquilo que merece para fechar uma carreira espectacular. Espero que assim aconteça. Tenho esperança.

RFI: Que antevisão podemos fazer da final entre a Argentina e a França?

Leandro Grimi: É muito difícil falar e tentar adivinhar o que vai ocorrer na final. Primeiro porque é a final do Campeonato do Mundo, é o jogo mais importante para todos os jogadores que vão participar neste encontro. Segundo porque são selecções muito fortes. Elas têm trabalho muito bem, são muito competitivas, com grandes jogadores. Vai ser uma final muito equilibrada. Espero que ganhe a Argentina. Acho que a Argentina fez um Mundial impressionante e só falta esta cereja no topo do bolo para acabar da melhor maneira.

RFI: Vai ser um duelo entre Mbappé e Messi?

Leandro Grimi: Não acredito que o jogo vai se resumir a um duelo entre Mbappé e Messi. Lionel Messi já mostrou ao longo da carreira que jogador é. Kylian Mbappé começou a mostrar quem é. Mas acho que há outros jogadores na França ou na Argentina que podem fazer a diferença. Não vai ser um contra um, vai ser um duelo de equipas. Agora sim, certamente que eles são os dois jogadores mais importantes das suas selecções.

RFI: Depois da derrota frente à Arabia Saudita, a Argentina foi imparável…

Leandro Grimi: A seguir àquele jogo frente aos sauditas, a equipa acabou por se mobilizar novamente. A Argentina chegou ao Qatar com 36 jogos sem perder e não tinha apenas defrontado equipas da América do Sul, também venceu por exemplo a Itália. Bem como o Brasil, até venceu a Copa América que decorre em território brasileiro! A equipa estava confiante, mas aquele golpe na primeira jornada permitiu à selecção estar na situação em que está.

RFI: Enzo, Nahuel, Mac Allister, Julián… Esta é a nova geração da Selecção Argentina?

Leandro Grimi: Os jovens jogadores estão a fazer um grande torneio. Eles têm sido impressionantes, jogando a um grande nível. Mas por enquanto estão a fazer um grande trabalho no Mundial, mas no futuro não sabemos o que vai acontecer. O certo é que são bons jogadores e podem fazer uma grande carreira. Espero que vão continuar a jogar bem na selecção. O importante agora é que continuem a evoluir.

RFI: Que balanço podemos fazer da participação de Portugal no Mundial?

Leandro Grimi: Chegou ao Mundial como favorito pelos jogadores que tinha. Acho que a selecção fez uma boa primeira fase, depois foi o melhor jogo frente à Suíça, mas no entanto defrontou uma equipa que é muito forte defensivamente. Para mim Portugal não fez um mau jogo frente a Marrocos. Mas futebol é isto, Marrocos aproveitou uma falha do guarda-redes português e marcou. Quanto a Portugal teve oportunidades mas não marcou e não conseguiu empatar. Isto acontece num Mundial: podes jogar melhor, ser melhor, ter mais oportunidades, mas se a bola não entrar na baliza, regressas a casa. Há alguns jovens jogadores que vão ser o futuro de Portugal. Já passou, agora é olhar para o futuro e para o próximo Mundial. Portugal vai ter uma grande selecção no próximo Mundial. Eu sempre vou apoiar Portugal porque este país sempre me abriu as portas e estou muito agradecido.

 

 


Fonte:da Redação e da rfi
Reeditado para:Noticias do Stop 2022
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus