03
Dom., Jul.
0 New Articles

Malapata catalã prolonga-se para o novo ano

Futebol Espanhol
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

Malapata, inexperiência, desconcentração ou simplesmente azar. Qualquer um poderia descrever este jogo do Barcelona. Os catalães continuam inconstantes a nível exibicional, mesmo dentro do próprio jogo, e viram o Granada «roubar» um ponto mesmo nos instantes finais, numa altura em que já estavam reduzidos a dez por uma expulsão infantil de Gavi. Depois de um ano de 2021 do mais difícil que podia haver, o Barcelona procurava entrar em 2022 com o pé direito e para

isso tinha que vencer o Granada, onde Luís Maximiano era titular - Domingos Duarte entrou na 2ª parte. Contudo, a equipa comandada por Xavi continuava com algumas ausências devido ao surto de covid-19 da qual foi alvo e com alguns remendos na equipa titular. Ao longo da 1ª parte, o Barcelona procurou impor o seu habitual estilo de posse de bola e o Granada não se «importou» com isso mesmo, baixando a linha de pressão e apresentando-se com todos os jogadores atrás da linha da bola aquando do momento defensivo. Contudo, os da casa procuravam o erro para sair em velocidade e explorar algumas das debilidades ao nível do posicionamento e da reação à perda dos catalães. Houve ainda tempo para alguma controvérsia, com Luuk de Jong a ver-lhe um golo ser anulado por um fora de jogo milimétrico que deixou o Barcelona muito queixoso. Depois do intervalo, o domínio do Barcelona foi cada vez mais avassalador, com os blaugrana a conseguirem ter um pouco de mais critério com a bola no último terço, mas, curiosamente, o golo acabou por chegar através de um cruzamento longo de Dani Alves na direita, que encontrou Luuk de Jong ao segundo poste a bater Maximiano com um cabeceamento colocadíssimo. Este golo deixou o jogo partido, com o Granada em busca de algo mais e aumentou a velocidade, intensidade e ritmo. Pressionado, o Barcelona começou a cometer muitos mais erros, com e sem bola, e viu a sua vida ficar bastante difícil quando, a dez minutos do fim, Gavi viu o segundo amarelo e consequente vermelho por uma má abordagem a um lance aparentemente inofensivo. A partir daqui, o sufoco do Granada ao Barcelona foi cada vez maior. Ter Stegen foi evitando até mais não conseguir, mas ao minuto 89, na sequência de um canto, Puertas congelou os blaugrana e fixou o 1x1 final. Com este resultado, o Barcelona soma agora 32 pontos e pode ser ultrapassado pelo Rayo Vallecano nesta jornada. O Granada, por sua vez, está em 12º lugar, com 24 pontos.

 

Fonte:da Redação e da zerozero.pt
Reeditado para:Noticias do Stop 2022
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP/Estadão

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus