CRESCE FLUXO MIGRATÓRIO DE REGRESSO

RESSANO GARCIA: CRESCE FLUXO MIGRATÓRIO DE REGRESSO

Maputo
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

Mais de trezentas mil pessoas poderão cruzar a fronteira de Ressano Garcia, província de Maputo a partir de hoje depois da quadra festiva Natal e de Fim de ano.A porta-voz do Serviço Nacional de Migração, Cira Fernandes, disse no “Café da manhã” da Rádio

Moçambique que a sua instituição está preparada para atender a demanda.
“Todas as condições estão criadas para fazer face ao provável dia de pico, que tudo indica que pode vir a ser hoje. Nós esperamos hoje, um maior fluxo migratório neste posto de travessia. Neste posto de travessia, que é o de maior fluxo a nível nacional, atravessaram no período de 3 de Dezembro até 31 de Dezembro, cerca trezentos e dois mil e oitocentos e quarenta e oito viajantes, contra duzentos e oitenta e dois mil e novecentos e doze, em igual período do ano anterior” disse.
O chefe do posto fronteiriço de Ressano Garcia, Pedro Pene, disse esta segunda-feira, que para evitar longas filas e flexibilizar o regresso de mineiros e turistas a África do Sul, foram activados postos extras para o desembaraço aduaneiro.

 


Fonte:da Redação e Por RM
Reditado para:Noticias do Stop 2018

Stopmznews