CONSELHO DE MINISTROS VIABILIZA CONSTRUÇÃO DE FAZENDA DE BRAVIO EM MAGUDE

CONSELHO DE MINISTROS VIABILIZA CONSTRUÇÃO DE FAZENDA DE BRAVIO EM MAGUDE

Maputo
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

O Conselho de Ministros decidiu viabilizar o projecto de construção de fazenda de bravio, para fins turísticos e de conservação, num investimento avaliado em vinte e cinco milhões de dólares.


Trata-se de um projecto da Sociedade NUANETSI limitada, que será implantado numa área de cerca de dezoito mil e novecentos hectares, no Posto administrativo de Mapulanguene, distrito de Magude, Província de Maputo.
A porta-voz do governo, Ana Comoana, explicou que, no quadro deste projecto, serão criados cento e dez empregos e edificadas várias infra-estruturas.
Reunido na sua trigésima segunda sessão ordinária, o Conselho de Ministros aprovou o regime de preços de transferência, que visa estabelecer uma paridade no tratamento fiscal, entre as empresas integradas bem como proteger a base tributável interna.
Ana Comoana assegurou que o Governo vai trabalhar com os peritos das Nações Unidas, para o esclarecimento da alegada violação, por Moçambique, das sanções impostas à Coreia do Norte.
Ela respondia a perguntas de jornalistas sobre o relatório das Nações Unidas, segundo o qual a ONU investiga as possíveis violações das sanções à coreia do Norte por parte de Angola e Moçambique.
Ana Comoana explicou que Moçambique observado, integralmente, diversos tratados internacionais, incluindo os da não proliferação e de banimento total de armas nucleares, de que é signatário.
Na reunião desta terça-feira, o governo aprovou, ainda, a Estratégia Nacional de Banda Larga, para o período 2017-2025 e a resolução que reconhece a fundação Armando Emílio Guebuza, com intervenção nas áreas social, investigação histórica e cultural e fins humanitários.

 

Fonte:da Redação e Por RM
Reditado para:Noticias do Stop 2017

Stopmznews