21
Qua., Ago.
10 New Articles

MITESS REALIZA CONSELHO COORDENADOR NA MATOLA

O Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social (MITESS) realiza a partir desta quarta-feira

Maputo
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

O Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social (MITESS) realiza a partir desta quarta-feira, na cidade da Matola, província de Maputo, o XXVIII Conselho Coordenador sob o lema “Promovendo Mais e Melhores Empregos em Moçambique”.


Durante três dias, serão debatidos, dentre vários temas, o grau de execução do Plano Económico e Social de 2017; o balanço intermédio do Programa Quinquenal do Governo; a proposta do Plano Económico e Social para o exercício de 2018; o diagnóstico dos Centros de Emprego e Medidas da sua Revitalização; a Estratégia de Formação Profissional no âmbito da sustentabilidade dos Centros de Formação Profissional do IFPELAC; a Avaliação da Eficácia dos Instrumentos de Recolha e Tratamento dados estatísticos do Mercado do Trabalho.
O guião de Implementação do Regulamento dos Procedimentos e Mecanismos para Contratação de Cidadãos de Nacionalidade Estrangeira; a proposta do Plano de Acção da Implementação da Política de Emprego; bem como o plano de acção para o combate as piores formas do trabalho infantil, constituirão, igualmente, objectos de apreciação.
A cerimónia de abertura do Conselho Coordenador do MITESS será dirigida pela titular da pasta, Vitória Diogo, contará com a presença de perto de 120 participantes, entre membros do Conselho Consultivo; directores provinciais de Trabalho, emprego e segurança Social; delegados provinciais do INSS, dos Institutos de Emprego e de Formação Profissional e Estudos Laborais “Alberto Cassimo”; inspectores chefes provinciais de Trabalho; directores provinciais dos Centros de Mediação e Arbitragem Laboral; Delegado do MITESS na África do Sul; Adido do Trabalho em Genebra; entre outros quadros e técnicos superiores.
No encontro participarão ainda, como convidados, quadros de outras instituições do Estado com intervenção directa no sector laboral e representantes de diferentes esferas da sociedade, incluindo os parceiros sociais (empregadores e trabalhadores) e parceiros de cooperação.

 


Fonte:da Redação e Por RM
Reditado para:Noticias do Stop 2017

Stopmznews