GOVERNADOR DE MAPUTO SUSPENDE EMPRESA CHINESA

GOVERNADOR DE MAPUTO SUSPENDE EMPRESA CHINESA

Maputo
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

O governador da província de Maputo, Raimundo Diomba, ordenou, esta sexta-feira, a suspensão da actividade de uma empresa chinesa que se dedicava à extracção de areia  no rio Umbelúzi, distrito de Boane.

 

 A empresa é acusada de lançar óleos no leito do rio durante a extracção de areia.

Segundo o director de produção e distribuição da empresa Águas da Região de Maputo, Gildo Timóteo, a empresa chinesa é igualmente acusada de abrir crateras que impedem o curso normal das águas do rio Umbelúzi.

 

 

 

 

Fornecido por:Rm.co.mz 2016 ( Stop.co.mz )

Stopmznews