21
Dom., Out.
5 New Articles

População de Govuro pede clareza nas acções da SASOL

População de Govuro pede clareza nas acções da SASOL

Inhambane
Typography

A população do distrito de Govuro, em Inhambane exige clareza nas acções de responsabilidade social da empresa SASOL que explora o gás natural de Temane e Panda,A preocupação foi apresentada ao Presidente da República, Filipe Nyusi, num comício

na localidade de Machacame, no âmbito da visita que efectua a província de Inhambane.
O Chefe do Estado disse que a preocupação da população é legítima e está na responsabilidade do governo e que o governador provincial de Inhambane está em constantes conversações para encontrar algumas soluções.
Segundo o Presidente Filipe Nyusi, os ministérios da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural e dos Recursos Minerais e Energia, estão envolvidos no assunto e que as empresas que exploram os recursos saberão honrar os seus compromissos.
Ainda em Govuro, Filipe Nyusi visitou, esta quinta-feira, na localidade de Machacame, um empreendimento agrícola que se dedica a produção destas culturas desde o ano passado.
O Chefe do Estado moçambicano ficou a saber que Moçambique poderá, nos próximos anos, tornar-se num dos grandes exportadores do ananás e manga com a massificação da produção daquelas frutas em algumas regiões do país.
O empreendimento ocupa uma área de três mil hectares num investimento sul-africano de cera de quarenta milhões de Rands.
Daquela área, cerca de trezentos hectares estão repletos do ananaseiro, mangueiras e cajueiros.
No quadro da sua visita a província de Inhambane, iniciada esta quinta-feira, o presidente da república percorreu alguns metros tendo ficado impressionado com o que viu.

 


Fonte:da Redação e Por RM.CO.MZ
Reditado para:Noticias do Stop 2018

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS