14
Sex., Dez.
17 New Articles

UMA APOSTA PARA O CRESCIMENTO TURÍSTICO EM PEMBA

HOTEL CABO DELGADO, UMA APOSTA PARA O CRESCIMENTO TURÍSTICO EM PEMBA

Cabo Delgado
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

"O Hotel Cabo Delgado voltará a ocupar o espaço de destaque no ramo hoteleiro em Moçambique, oferecendo comodidade e conforto, mantendo o seu glorioso passado", disse Humberto Monteiro, responsável do hotel, aquando da visita de trabalho efectuada

pelo Ministro da Cultura e Turismo, Silva Dunduro no passado mês de Dezembro.
As obras de reabilitação que estão sendo levadas à cabo visam atender uma gama diversificada de clientes provenientes dos quatro cantos do mundo, estando contudo, salvaguardada à componente do turismo doméstico.
Localizado na cidade de Pemba, o Hotel Cabo Delgado, é uma aposta para o recrudescimento turístico nacional, em especial naquela parcela do país.
Com capacidade de 40 quartos dentre estes 13 suites, o empreendimento beneficia desde o ano passado uma intervenção profunda em toda sua concepção, estando em curso obras de qualidade superior susceptíveis de oferecer a durabilidade que se espera.
Segundo Humberto Monteiro, concessionário do empreendimento, estas obras de reabilitação estão orçadas em dois milhões de dólares norte-americanos e espera-se que o hotel esteja aberto ao público em Julho do corrente ano.
Monteiro, avança que a reabilitação compreende várias fases em que irão ser modernizados todos os espaços, havendo à destacar a introdução de um casino e de uma sala de conferências, esta última com equipamento de última geração.
Num outro desenvolvimento, Humberto Monteiro, disse que o Hotel irá apresentar-se mais luxuoso do que fora, graças à profunda remodelação que todos os espaços irão beneficiar, que é para atender às necessidades de hóspedes mais exigentes.
“A reabilitação compreende várias fases em que estão a ser modernizados todos os espaços, sendo de realçar que os quartos passam a contar com tecidos de cores suaves e temas orgânicos e dividem-se em Estúdio, Deluxe e Executivos.
Frisar que este projecto é do Governo moçambicano sob a responsabilidade do Instituto Nacional de Turismo, INATUR.


Fonte:da Redação e Por RM
Reditado para:Noticias do Stop 2018