esquema de desvio de fundos, a partir de uma empresa de prestação de serviços, acaba de ser detectado

DETECTADO ESQUEMA DE DESVIO DE FUNDOS DO INSS

Nacional
Typography

Um esquema de desvio de fundos, a partir de uma empresa de prestação de serviços, acaba de ser detectado na delegação do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) da Cidade de Maputo.


Segundo Sarmento Senda, delegado do INSS na capital, com base neste esquema mais de 100 mil meticais descontados dos salários dos trabalhadores não foram canalizados a instituição de direito.
O delegado é citado pelo Jornal “Noticias” a explicar que o esquema envolvia um contabilista particular que prestava serviços à empresa defraudada e funcionários de uma instituição bancária.
O esquema, segundo Senda, foi despoletado na sequência da campanha de cobrança de dívidas as empresas devedoras.
“Foi na sequência da campanha iniciada a 22 de Março que foi abordada a referida empresa, supostamente devedora, tendo apresentado comprovativos de que teria feito em tempo útil as contribuições”, disse Senda.
Depois de uma investigação apurou-se que os valores em causa não tinham sido canalizados ao INSS, mas eram levantados no banco e divididos pelos indivíduos envolvidos no esquema.
No prosseguimento desta campanha, segundo a fonte, foi possível descobrir uma fraude que era praticada por um funcionário da contabilidade na delegação provincial do INSS em Inhambane, sul do país.
Nora Remane, delegada do INSS naquele ponto do país, diz que o funcionário em causa conseguiu obter uma cópia da chave do cofre da instituição e de forma contínua retirava valores do fundo de maneio orçado até ao momento em 3.800 meticais.
Em resultado das evidências, Remane diz estar em curso um processo disciplinar em paralelo com o criminal para que este funcionário possa responder em juízo pelos seus actos.

 

Fonte:RM
Reditado para:Noticias do Stop 2017

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS