Fronteira com México pode ter cercas, diz Trump

Democrata declarou ainda que deportará 'imediatamente' entre 2 e 3 milhões de imigrantes clandestinos com antecedentes criminais

US Canada
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, disse em entrevista que irá ao ar na segunda-feira que algumas áreas do prometido muro na fronteira com o México podem ter cercas.

Questionado em entrevista ao 60 minutes, da emissora CBS, se aceitaria uma cerca em vez de um muro, Trump disse "em algumas áreas, sim", de acordo com trechos divulgados à imprensa.

"Mas, em algumas áreas, um muro é mais apropriado. Sou muito bom nisso. Chama-se construção. Pode haver algumas cercas", disse Trump.

Durante sua campanha contra a democrata Hillary Clinton, Trump prometeu várias vezes que faria o México pagar pelo muro na fronteira, parte do seu plano de endurecer leis de imigração e proteger a fronteira.

Além disso, Trump declarou que deportará "imediatamente" entre 2 e 3 milhões de imigrantes clandestinos com antecedentes criminais. Durante a campanha, o magnata também prometeu que uma de suas primeiras medidas na Presidência seria expulsar pessoas vivendo ilegalmente no país.

"Aquilo que faremos é jogar fora do país ou prender as pessoas que são criminosas, têm antecedentes criminais, membros de gangues, traficantes de droga", disse.

Por volta de 60,3 milhões de pessoas votaram em Trump na eleição de 8 de novembro, número menor que os 60,8 milhões que escolheram Hillary. Trump, porém, mostrou força em Estados indecisos, inclusive Michigan, e triunfou no Colégio Eleitoral, que, no final das contas, escolhe o presidente.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte:Estadão Conteúdo

Reditado para:Noticias Stop 2016

Fotografias:Getty Images / Reuters /EFE

Stopmznews