Polícia de NY busca assassino de clérigo e seu auxiliar

Crime: membros da comunidade muçulmana se reúnem em local de assassinato do Imam Maulama Akonjee e Thara Uddin

US Canada
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

A polícia de Nova York fez buscas neste domingo pelo suspeito do assassinato de um clérigo muçulmano e seu auxiliar enquanto caminhavam juntos por uma rua da cidade depois de participarem de orações em uma mesquita nas proximidades, disseram

as autoridades.

Um homem armado abordou os dois homens pelas costas no sábado e atirou à queima roupa na cabeça de ambos nas proximidades do Ozone Park, no Queens, disse a polícia em um comunicado. Declarações de testemunhas e imagens de vigilância foram colhidas pela polícia para obtenção de detalhes sobre o ataque na área que é lar de muitos muçulmanos que vieram ou têm parentes de Bangladesh.

Testemunhas disseram ter visto o homem responsável pelo ataque fugir da cena com uma arma em mãos, vestido com uma camisa escura e short azul, afirmou a polícia.

Na manhã deste domingo, a polícia divulgou um retrato do suspeito com cabelo escuro, barba e óculos. Ele aparentava ter entre 30 a 40 anos.

As vítimas, identificadas como Imam Maulama Akonjee, de 55 anos, e Thara Uddin, de 64 anos, vestiam trajes religiosos no momento dos tiros, segundo a polícia.

O motivo do ataque não foi descoberto imediatamente e não há evidências de que o ataque aos dois homens tenha acontecido por questões religiosas, mas a polícia não descarta qualquer possibilidade, segundo uma representante do departamento.

 

 

 

 

 

 

Fonte:EFE

Reditado para:Noticias Stop 2016

Fotografias:Getty Images / Reuters

Tópicos:Muçulmanos, Nova York, Metrópoles globais

Stopmznews