Confrontos em Milwaukee após morte de suspeito

Protesto em Nova York contra brutalidade policial contra negros

US Canada
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

Uma multidão indignada apedrejou na noite de sábado carros da polícia e incendiou lojas em Milwaukee (Wisconsin, norte dos Estados Unidos), depois que a polícia abateu um indivíduo armado que fugia.

Cerca de 200 pessoas participaram dos distúrbios, nos quais um agente ficou ferido ao ser atingido por um tijolo na cabeça, segundo um relatório oficial comunicado na madrugada deste domingo.

Um posto de gasolina, um banco, uma loja de produtos cosméticos e outra de peças de automóveis foram incendiados, disse o Milwaukee Journal Sentinel, um jornal desta cidade situada 130 km ao norte de Chicago.

Estes incidentes ocorrem em um contexto de tensões por uma série de mortes nos últimos tempos de afroamericanos desarmados e do assassinato de vários policiais em aparentes atos de represália.

Eles se originaram, segundo a polícia, quando duas pessoas interceptadas em um carro fugiram a pé. "Na perseguição, um agente abriu fogo contra um suspeito armado com uma pistola semiautomática", que morreu na hora.

Trata-se de um homem de 23 anos, com uma ficha criminal volumosa, de acordo com informações oficiais.

 

 

 

 

 

Fonte:AFP

Reditado para:Noticias Stop 2016

Fotografias:Getty Images / Reuters

Tópicos:Estados Unidos, Países ricos, Violência urbana

Stopmznews