Os extremistas islâmicos não controlam mais do que metade do território que haviam tomado em 2014 no Iraque e na Síria

Ofensivas terrestres contra seus redutos, ataques aéreos contra suas bases, combatentes dizimados: o “califado” do grupo Estado Islâmico (EI) sofreu suas maiores derrotas em 2016, mas continua representando uma ameaça global.

Dirigente da ONU para a Síria pediu que o governo local e seus aliados permitam a retirada dos civis de locais sitiados

O dirigente das Nações Unidas para a Síria, Jan Egeland, pediu que o governo de Bashar al-Assad e seus aliados, Rússia e Irã, que permitam a evacuação de civis que estão em partes sitiadas de Aleppo oriental.

Segundo a representante da OMS na Síria, não foi dada nenhuma explicação sobre os motivos da suspensão

As evacuações de civis e combatentes no leste de Aleppo foram abortadas e as equipes da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) foram obrigados a deixar a área.

Damasco: esta é a primeira vez na Síria que uma criança é utilizada para um atentado com cinto de explosivos

Uma explosão ocorrida nesta sexta-feira em uma delegacia de Damasco foi provocada quando o cinto de explosivos de uma menina de 7 anos foi acionado à distância, deixando três feridos, anunciou o jornal próximo ao regime al-Watan.

Testemunha disse que forças governamentais montaram bloqueios na rodovia que estava sendo usada para retirar as pessoas da cidade

Rebeldes do leste de Aleppo disseram ter entrado em alerta nesta sexta-feira depois que forças pró-governo detiveram civis que deixavam a área e instalaram armamentos pesados em uma via.

Terroristas tinham sido expulsos da região há nove meses

Os jihadistas do grupo extremista Estado Islâmico reconquistaram neste fim de semana a cidade de Palmira, na Síria, nove meses após as forças do governo de Bashar al-Assad, apoiadas pela Rússia, retomarem o controle da zona histórica.

Mais artigos...