16
Sex., Nov.
17 New Articles

Fazendo a Corte

1 semana 6 dias atrás #409 por Malaquias da Silva
Malaquias da Silva criou o tópico: Fazendo a Corte
"De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho? observando-o segundo a sua palavra" Salmo 119:9

Entendemos que os jovens precisam aprender a fazer a CORTE da maneira de Deus. O desenvolvimento de uma amizade entre o casal é o início de tudo. A partir de certo momento poderá haver um interesse mútuo, que despertará ambos para um relacionamento maior do que uma simples amizade. Atualmente os moços tem ido diretamente para o namoro, que, conseqüentemente conduz à defraudação, e, não poucas vezes ao sexo antes do casamento. Com a CORTE, a proposta é evitar exatamente a continuidade de um relacionamento fora dos propósitos de Deus.

O início da CORTE se dá da seguinte maneira: a partir do momento em que o casal tem convicção de um sentimento mútuo especial, deverá entrar em oração, colocando diante de Deus este sentimento um pelo outro, buscando desta forma um direcionamento quanto à Sua soberana vontade. Ambos devem compartilhar com muita liberdade as suas convicções, seus sentimentos e se existe paz dentro de seus corações neste tempo de oração.

No momento em que o casal tiver a compreensão de que tais sentimentos são correspondidos e agradáveis diante de Deus, o rapaz deverá procurar o pai da jovem e, na sua falta a mãe, ou na falta dessa, a pessoa responsável por ela e comunicar o desejo de manter um relacionamento mais próximo, visando o casamento. Havendo a permissão dos pais, o casal pode então prosseguir. A partir daí, começa o compromisso de um para com o outro, debaixo da bênção de seus pais. Vale a pena destacar o que diz a Palavra de Deus no tocante aos pais: "Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo; Honra a teu pai e sua mãe, para que te vá bem e se prolonguem os teus dias sobre a face da terra." Sobretudo, durante todo este processo, o mais importante é que saibam investir no relacionamento com Deus, buscando uma vida de santificação e pureza, se fortalecendo pela Palavra e pela oração, para que possam levar a bom termo o relacionamento que, de acordo com a Bíblia, após o casamento, deverá ser "até que morte os separe". Algo lindo que ocorre na CORTE é o envolvimento total dos familiares permitindo assim maior comunhão entre eles.
Não é nossa proposta ditar regras, uma vez que a Bíblia já deixa bem claro como deve ser o relacionamento do cristão antes do casamento. Veja o que diz o apóstolo Paulo em I Tessalonicenses capítulo 4 versos de 1 a 8. A pessoa sabe, com certeza quando está defraudando e sendo defraudada. Deverá ser desenvolvido então na CORTE um relacionamento que permita ao casal estar junto sem, no entanto, elevar a temperatura, que é o grande risco. Cada pessoa tem o seu limite. Se qualquer uma das atitudes como o contato físico, seja ele o mais simples possível leva o(a) jovem a desejar o pecado, então não o faça. Proteja-se. Isto porque no momento em que apenas isso não satisfaz a pessoa vai querer mais, aliás, muito mais. Acontecem então os abraços apertados, beijos na boca, carícias pelo corpo, etc. e é aí que acontece a defraudação. Evitem esse tipo de situação, pois são convite ao pecado.

Finalizando, lembramo-nos das palavras do apóstolo João quando disse: "Jovens, eu vos escrevi porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós e tendes vencido o maligno." O Senhor nos deu as orientações e as armas necessárias para nos mantermos puros e íntegros diante de Sua presença. Nossa igreja tem sido conhecida no mundo todo porque temos aqui verdadeiros adoradores que louvam e glorificam o nome do Senhor através dos cânticos. Vamos fazê-la conhecida também, por termos jovens que prezam em fazer a vontade de Deus através de um relacionamento santo e puro, sem mácula e de acordo com a santa vontade de Deus.

Por favor Autenticar para se juntar à conversa.

  • Malaquias da Silva
  • Avatar de Malaquias da Silva Autor do tópico
  • Desligado
  • Administrator
  • Administrator
Mais
Tempo para criar a página: 0.287 segundos