Com Bosh e Wade desequilibrando, Heat bate Pelicans na prorrogação

Basquetebol
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

Ainda buscando por uma vaga nos playoffs da atual temporada na NBA, o time de Miami venceu a primeira partida no tempo extra

 

Jogando em casa, o Miami Heat enfrentou o New Orleans Pelicans, pela rodada especial de Natal da NBA, e venceu por 94 a 88. Pela primeira vez na temporada, o time da Flórida teve que decidir seu jogo na prorrogação, e saiu com o resultado positivo.

O Heat pertence à Conferência Leste e está na quarta colocação, com 17 vitórias e 11 derrotas, e segue vivo buscando uma melhor classificação para os playoffs. O próximo jogo será no sábado, quando encara o Orlando Magic.

Já o Pelicans não vive uma boa temporada. O time é o vice lanterna da conferência oeste, somando 20 derrotas em 29 jogos. O próximo desafio será contra o Houston Rockets, também neste sábado.

 

O JOGO –

 

O Miami começou melhor, vencendo o primeiro quarto facilmente por 27 a 15. Porém, na parcial seguinte, o New Orleans melhorou e encostou no placar, anotando oito pontos a mais que os adversários, com boa atuação de Anthony Davis. Assim, foram para os vestiários com 42 a 38 para a equipe da casa.

Após a volta do intervalo, o Heat tratou de ampliar a vantagem, fazendo 21 pontos, em comparação aos 14 do adversário. O último quarto se iniciou com o time da Flórida vencendo por 63 a 52.

A menos de seis minutos do fim, o New Orleans esquentou o jogo e encostou no placar. Naquele momento estava 70 a 70. Assim, o Pelicans reagiu na última etapa e, a um minuto do término, viraram o placar.

Com um final emocionante, Gerald Green, do Miami, roubou a bola e marcou para o time da casa. Com o encerramento do tempo regular e o empate de 78 a 78, a partida foi para a prorrogação.

Nos cinco minutos do tempo extra, a experiência dos jogadores do Heat, atrelada ao apoio da torcida, desequilibraram. Dwyane Wade, com 19 pontos na partida, fez a diferença. Porém, foi Chris Bosh que brilhou, anotando um duplo-duplo, com 30 pontos e 10 rebotes, além de ser o cestinha do jogo. Os dois lideraram o Miami à vitória por 94 a 88, apesar dos esforços do astro do Pelicans, Anthony Davis, que terminou com 29 pontos e 15 rebotes.

 

 

 

 

Fonte:STOP © 2015 Foxsports