Técnico da Espanha elogia postura do Irã e pede foco total para partida contra o Marrocos

Técnico da Espanha elogia postura do Irã e pede foco total para partida contra o Marrocos

Rússia-2018
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

Completando apenas uma semana no cargo, o treinador elogiou a disposição apresentada pelo adversário e a dedicação dos espanhóis para sair de campo com a vitória O técnico Fernando Hierro não escondeu a felicidade com a vitória por 1 a 0 sobre o Irã

, na tarde desta quarta-feira (20 de junto), que deixou a Espanha em boa situação no Grupo B da Copa do Mundo. Completando apenas uma semana no cargo, o treinador elogiou a disposição apresentada pelo adversário, algo que ele ressaltou antes da partida, e a dedicação dos espanhóis para sair de campo com a vitória.
“Quando nós falamos que esse seria um jogo difícil, que o Irã tinha uma equipe bem equilibrada, não falávamos da boca para fora. E isso ficou provado no jogo de hoje. Temos de dar os parabéns ao Carlos Queiroz. A gente saberia que precisaria de muita dedicação para conseguir essa vitória”, começou Hierro, que gostou do desempenho do time apesar do placar longe das expectativas dos torcedores.
“Nós sabíamos que seria um jogo difícil. Fomos bem nos primeiros 15 minutos, mas depois o jogo teve muitas faltas e fica difícil de pegar o ritmo. Tentamos trocar coisas no intervalo, abrir, usar os laterais. No segundo tempo foi a mesma coisa, com uma boa atuação nos primeiros 20 minutos”, avaliou o comandante, que reconheceu o temor com a vantagem mínima.
Pouco depois de inaugurar o placar, a Fúria viu o time asiático empatar e comemorar muito com Ezatolahi, mas o árbitro de vídeo, para desespero do técnico Carlos Queiroz, apontou um claro impedimento do iraniano. “A gente sabe que esses resultados apertados, o jogo pode virar. O Irã era muito preparado, sabíamos que seria um jogo difícil”, repetiu Hierro, já de olho na rodada final.
“Temos que somar pontos contra o Marrocos também, não há nada definido na nossa chave. Tenho certeza que essa Copa do Mundo vai ser muito nivelada até o final, ninguém vai entregar nenhum resultado de bobeira”, concluiu Hierro, que, como jogador, disputou o torneio em 1990, 1994,1998 e 2002.
Com o resultado, Iniesta, Sérgio Ramos e companhia chegam a quatro pontos conquistados e dividem a liderança do Grupo B com Portugal, que derrotou Marrocos no primeiro jogo do dia. A diferença, atualmente, está nos cartões amarelos levados pelos portugueses (2 a 1), que dão a liderança para os espanhóis. Os comandados terão pela frente na última rodada o já eliminado Marrocos, às 15h (de Brasília) da segunda-feira, em Kaliningrado.

 

Fonte:da Redação e Por FOX Sports
Reditado para:Noticias do Stop 2018
Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP/Estadão