Avião da EgyptAir não mostrava problemas técnicos, diz mídia

Setentrional
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

O avião da EgyptAir que se acidentou não mostrou sinais de problemas técnicos antes de decolar do aeroporto Charles de Gaulle em Paris, de acordo com o registro técnico de aeronave assinado por seu piloto antes da decolagem, disse o jornal estatal egípcio

Al-Ahram, nesta terça-feira.

O Al-Ahram publicou uma imagem do registro em seu site.

O maior jornal estatal do Egito também noticiou que o voo 804 da EgyptAir transmitiu 11 "mensagens eletrônicas" a partir das 18h09 (no horário de Brasília) no dia 18 de maio.

As duas primeiras indicavam que os motores estavam funcionando. A terceira mensagem chegou às 21h25 (horário de Brasília) e mostrou um aumento da temperatura da janela do copiloto.

O avião continuou transmitindo mensagem pelos próximos três minutos antes de desaparecer dos radares, disse o Al-Ahram.

O diretor da autoridade forense do Egito descartou como prematura a insinuação surgida nesta terça-feira de que os restos mortais recuperados de corpos das vítimas da queda do avião da EgyptAir na semana passada indicam que houve uma explosão a bordo.

Os investigadores empenhados em descobrir por que o Airbus 320 desapareceu dos radares na quinta-feira passada com 66 passageiros e tripulantes estão procurando indícios nos pequenos pedaços de corpos e destroços encontrados no mar Mediterrâneo até agora.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte:REUTERS

Reditado por: Stop Noticias 2016

Tópicos:Veículos, Aviões, Transportes, Egito, África, Europa, França, Paris, Metrópoles globais

Fotografias: Getty Images