Portugueses estão a traficar diamantes de Angola - revela Jornal de Notícias

O diário luso Jornal de Notícias revela, na primeira página da edição desta quinta-feira, que os expatriados portugueses estão a ser “obrigados a traficar diamantes para trazer salário de Angola”. O 'engenho', escreve a publicação aguça-se à medida do

Stopmznews

O surto de febre amarela em Angola começou no final do ano passado.

O número de vítimas do surto de febre amarela em Angola não pára de aumentar. O último balanço oficial dá conta de 225 mortos e cerca de 1.600 casos registados. 

Stopmznews

Líder da seita “A Luz do Mundo” condenado a 28 anos de prisão

O Tribunal do Huambo condenou hoje José Kalupeteka, líder da seita "A luz do mundo", a 28 anos de prisão pelo homicídio de nove agentes da Polícia Nacional, assassinados quando o tentavam prender, a si e a outros dirigentes e fiéis do culto. Além de

Stopmznews

Problemas de tesouraria atrasam aquisição de novos aviões da TAAG

Uma das novas aeronaves, Iona, deveria ter sido entregue a 18 deste mês. Outra, Morro do Moco, doze dias mais tarde, isto é na última Quarta-feira. Porém, problemas de tesouraria, aos quais não é alheia a crise económica que Angola atravessa,

Stopmznews

David Mendes contesta fundamentos da pena de 28 anos de prisão

Em declarações ao online do Novo Jornal, David Mendes, líder da Associação Mãos Livres, que assegura a defesa no “Caso Kalupeteka”, adianta que vai recorrer da sentença aplicada hoje pelo Tribunal Provincial do Huambo, alegando que a mesma viola o

Stopmznews

Paulo de Almeida assegurou que a implementação do novo modelo de matrícula proporcionará um maior controlo às autoridades.

Decreto que determina a criação de nova matrícula para viaturas será aprovada oportunamente, anunciou nesta quarta-feira, em Luanda, o segundo comandante-geral da Polícia Nacional, Paulo de Almeida. 

Stopmznews

Angola avisa União Europeia que não tolera ingerências externas

O secretário de Estado das Relações Exteriores angolano deixou um claro aviso aos diplomatas da União Europeia (UE) e da Noruega acreditados em Angola de que a diplomacia de Luanda não vai tolerar novas ingerências nos assuntos internos do país.

Stopmznews

Mais artigos...