Portugueses estão a traficar diamantes de Angola

Portugueses estão a traficar diamantes de Angola - revela Jornal de Notícias

Angola
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

O diário luso Jornal de Notícias revela, na primeira página da edição desta quinta-feira, que os expatriados portugueses estão a ser “obrigados a traficar diamantes para trazer salário de Angola”. O 'engenho', escreve a publicação aguça-se à medida do

agravamento da crise. 

Segundo o jornal português, “cada vez mais portugueses estão a usar kwanzas para comprar diamantes no território africano, que trazem clandestinamente para Portugal, para obter uma compensação em euros”. 

O esquema, escreve a publicação, permite “contornar o facto de não conseguirem fazer chegar a Portugal o salário de vários meses, problema que afecta milhares de emigrantes”. 

Apesar de salvaguardar que “os valores de venda [dos diamantes] podem variar muito], o Jornal de Notícias cita testemunhos que dão conta de montantes “entre os 1.500 e os 5.000 euros". 

A publicação acrescenta que “como estão a cometer uma ilegalidade (tráfico de pedras preciosas)”, os portugueses “são aconselhados a trazer diamantes pequenos, dissimulados no corpo ou incrustados em relógios ou anéis baratos, no sentido de não serem detectados no aeroporto de partida e no de chegada”. 

O diário português lembra que “a redução do preço do petróleo e a desvalorização do kwanza abriram a porta à crise em Angola, ontem consubstanciada no pedido formal de assistência financeira ao Fundo Monetário Internacional (FMI)”.

 

 

 

 

Fornecido por:Angonoticias 2016 ( Stop.co.mz )

Stopmznews